Oi oi gente, ontem o meu grupo foi convidado para reapresentar o nosso TCC para os calouros do curso de Publicidade e Propaganda da FIAM FAAM. Então, pensando nisso, eu lembrei de como foi tensa a semana de preparação para o TCC, lembrei de tudo que eu pesquisei e inventei para deixar a nossa apresentação perfeita e etc. Ok, que não foi tudo como o planejado, mas a nota foi além das nossas expectativas. Mas antes de começar a escrever eu gostaria de deixar bem claro que NÃO É PORQUE VOCÊ VAI FAZER EXATAMENTE A MESMA COISA QUE EU FIZ QUE A SUA NOTA VAI SER A MESMA. Só vou compartilhar tudo o que eu eu fiz pra ver se ilumina um pouco a sua cabeça perdida sobre o tão temido TCC. 

Antes de tudo, você já leu Como Sobreviver ao TCC, né? Então se você já sobreviveu a isso, vamos lá… você já entregou o seu TCC encadernado para a Pré-Banca e agora que a parte mais difícil (que é toda a elaboração e finalização do trabalho) está pronta, vamos para a parte mais legal e complicada, que é mostrar tudo o que você lutou e fez por um ano, em apenas quinze minutos. 

tcc pré banca 2
as 3 cópias para a pré-banca

O conteúdo para o slide foi passado pela professora, e deveria seguir essa estrutura: um slide para agência; um para o cliente; um para o problema de comunicação encontrado; um ou mais slides para a apresentação da estratégia de comunicação (planejamento de campanha), vários slides para a criação e um slide para o gráfico do investimento da verba. DICA NÚMERO 1: eu indico você fazer a apresentação no Power Point mesmo, “-Ah Carol, mas o Prezzi é tão bonito”. Ok, ele pode até ser tão bonito, mas acho que ele acaba dando muita volta, e querendo ou não, você tem pouco tempo, você vai ficar nervoso, então, nada melhor do que um slide simples (simples não significa feio) e concreto que vai acabar te trazendo mais confiança e não vai deixar sua apresentação poluída demais, perdendo o foco. Outra coisa importante é: não coloque textos muito grande nos slides, uma porque se você ler vai ficar igual aqueles trabalhos de colégio que você não fazia ideia do que estava falando, só simplesmente copiou e colou, então o ideal é você deixar tudo em tópicos ou em palavras chaves, que caso dê um branco, você consegue se virar.

Depois que a sua apresentação está feita, você precisa ensaiar. Ahh.. essa é a parte mais engraçada e desesperadora. Na minha faculdade, só duas pessoas poderiam falar (ainda bem), mas vamos lá para a DICA NÚMERO 2: Levem um cronometro (do celular mesmo) para os ensaios, tente sempre deixar sobrando 3 minutos, porque no dia, você pode se enrolar e é melhor ter uns minutinhos de bônus para você poder pirar sem passar do tempo. DICA NÚMERO 2.1: Já que você está com um celular cronometrando, pega o de quem está falando e filme tudo. Vocês podem rir um pouco disso depois, mas é só depois mesmo, durante é só desespero. E é bom, porque a pessoa se assistindo, consegue melhorar alguns vícios de linguagem ou tique nervoso na mão, ou sei la mais o que.

DICA NÚMERO 3: Enquanto os alunos estão apresentando, o restando do grupo começa a anotar todas as perguntas mais absurdas que possa existir. “Ué, mas porque você quis por o fundo azul e não roxo?”; “Por que você escolheu vender em São Paulo e não no Acre?” E claro que, para todas as perguntas, vocês precisam encontrar uma resposta que passe credibilidade, nunca responder coisas do tipo “Ah.. porque eu acho que no Acre não tem público” NÃO GENTE! Nessa hora vocês não devem achar nada, vocês fizeram a pesquisa de mercado pra isso, vocês precisam dela mais do que nunca para defender tudo o que vocês planejaram. “Escolhemos São Paulo porque o nosso público alvo está predominante nessa região, segundo nossa pesquisa de campo, e a marca ainda não é líder de vendas.” fim. 

Um parentese: depois de alguns atendimentos, eu sempre perguntava para a professora se ela achava que estava faltando alguma coisa – e nem era pra puxar saco, antes que falem – e sim porque eu era neurótica demais e nunca achava que estava bom o suficiente o trabalho, mas eu acho que vocês devem sim perguntar o que vocês podem fazer para melhorar sempre, vai que alguma dica ou sugestão que o orientador der, vocês conseguem adaptar e elevar super o nível do trabalho de vocês? Mas voltando… 

“Que roupa eu devo usar para apresentar o meu TCC?” Bom, no nosso caso, escolhemos fazer uma camiseta personalizada da nossa agência (que saiu coisa de 20 reais por pessoa, na galeria do rock), ou seja, todos usavam a mesma coisa e eu acho legal, sabe? Porque assim, somos uma agência e precisamos agir como tal, eles precisavam lembrar da gente, então, quando mais AGES eles vissem, melhor seria. 

agencia ages
Agência Ages Publicidade

Agora vem a parte dos detalhes, o primeiro foi a Decoração, que foi solicitado para gente fazer uma pequena decoração no palco e uma decoração na mesa para a banca. Então, resolvemos fazer um banner sobre a nossa campanha para colocar no palco e para a banca a gente entregou um kit, que já já eu falo pra vocês. Muitas pessoas podem decorar o lugar com o produto, mas como no nosso caso era um relógio, ficou um pouco mais complicado né? Por isso optamos pelo banner, mas se você conseguir, deve investir na decoração. É uma coisa que chama atenção e você se sente mais “em casa” (em casa, porque depois de um ano só falando sobre isso, você é amigo intimo da marca já).

Banner
Banner
Nossa
Nossa “decoração”

Você pode e deve sim entregar brinde para a banca, e não, você não vai estar comprando ninguém, isso é um costume comum entre esses tipos de apresentação acadêmica. Como o nosso produto era relógio, foi claramente impossível a gente arrumar um pra cada um da banca por motivos óbvios, então precisamos pensar em outra coisa. Até que do nada (porque sério gente, as ideias vão surgir do nada, porque você vive para o tcc) eu vi na internet a foto de uma mini champanhe (sabe Deus porque eu tava vendo isso), ai eu lembrei na hora sobre o livro A Culpa é das Estrelas, que eles falaram a história de Don Pérignon, que quando ele bebeu a champanhe pela primeira vez, ele achou que estava bebendo estrelas, e como a nossa campanha tinha constelações como tema.. hmmm acho que encontramos o nosso presente para a banca (ai, mas champanhe é tão batido – PODE ATÉ SER, MAS A NOSSA TINHA UM FUNDO POÉTICO, TCHAU). Mas, enfim.. para a banca a gente montou um kit que era uma caixa com uma mini champanhe e duas taças (uma com o logo da nossa agência e uma com o logo do nosso cliente).

caixa-banca
Caixa de Madeira

presente-banca

Duas curiosidades: 1) não era pro moço ter colocado “I am tasting the stars” como slogan, mas né.. ele é livre e faz o que quer; 2) nós queríamos apenas uma taça, mas tinha acabado os kits, então tivemos que comprar o com duas, mas acabou que ficou bonitinho. Ou seja, não deixem para as última semana isso, porque Murphy sempre vai estar do seu lado ❤

Outra coisa que nós fizemos, foi uma “degustação” que na verdade foi uma mini torradinha, com um pate de ervas finas e coca-cola para o pessoal que estava lá para ver o nosso TCC. (Li isso em alguns sites que era legal, e infernizei o meu grupo para fazer isso – deu certo porque todo mundo comeu).

Tive sorte de ter pego dois orientadores e uma ex-professora na banca. Amém?
Tive sorte de ter pego dois orientadores e uma ex-professora na banca. Amém?

Outra coisa sobre a banca: gente, não precisa ter medo, uma porque a sua orientadora vai estar lá, ela não vai deixar ninguém falar muito mal do seu trabalho (até porque o trabalho é dela também); e outra, se você tiver sorte vai acabar pegando antigos professores seu (o que pode ser bom ou não, caso ele não goste de você.. brincadeira), mas de qualquer forma, ninguém sabe mais sobre o seu trabalho do que você, que ficou um ano lendo e falando sobre. Chego a acreditar que até quem trabalha pra marca sabe menos que você. Outra detalhe, é de bom tom você levar uma garrafinha de água para a banca (caso a faculdade não forneça) e sempre leve papéis de anotação e uma caneta ou lápis para eles poderem anotar as observações durante a sua apresentação. Sabendo disso, eu resolvi fazer uma pastinha para cada um (pasta preta com o logo da agência – super feito no word mesmo – e fiz uns papéis de anotação ‘personalizado’ com o logo da agência também – coloquei na pasta a peça conceito impressa e uma cartinha contando a história da champanhe, para eles entenderem o porque do ‘presente’).

Pastinha para banca.
Pastinha para banca.

E a apresentação? Felizmente (pra mim) só duas pessoas poderiam falar, então, eu claramente não precisei ficar me matando para perder a vergonha (ou seria pavor?) de falar em público, deixamos o Raul falar a maior parte do trabalho, uma porque ele fala bem pra caramba e outra porque ele quer ser professor, então não pode ter medo de falar em público! HAHA brincadeira, mas é importante não falar palavrão ou fazer muita piadinha. Afinal é o seu TCC. E as perguntas da banca? Felizmente, a banca não fez nenhuma pergunta para o meu grupo. Mas caso a banca faça a pergunta, vocês podem conversar para responder, nunca falem todos ao mesmo tempo e nem seja irônico com eles.Por que né.. 

Pós-TCC
Foto clássica com a Banca.

Ufa, acho que foi só isso, como vocês podem ter percebido, eu sou um tanto quando perfeccionista e neurótica com essas coisas, gosto muito de detalhes e etc, mas no final quando a gente ouviu a nossa nota, tudo valeu a pena.

E mais uma vez eu repito, não estou falando que isso é o que você precisa fazer para tirar 10 no TCC, estou mais explicando o que o meu grupo fez, e que deu certo. Espero que dê certo com vocês também! Qualquer dúvida que vocês tiverem ou que vocês não entenderam porque eu falei demais e acabei confundindo vocês, sintam-se a vontade para me perguntar, no que eu conseguir, ajudarei na hora. Boa sorte e me contem como foi depois!

Anúncios