(…) bom, na sexta-feira, dia 15, voltamos ao Magic Kingdom. Nesse dia acordamos cedo porque tínhamos reservado um café da manhã no Be Our Guest – o restaurante baseado no filme da Bela e a Fera.

Fizemos a reserva uns três meses antes para o café da manhã, mais ou menos, o café tem um preço fixo de U$ 24 + taxas. Mas mesmo eu pagando a taxa de adulto, eu acabei comprando um prato do Menu Kids (HAHAHA), que nada mais era do que “rabanada” com algumas frutas. Compramos também uma taça das princesas (que era um ou dois dólares mais baratos que no jantar). 

O ambiente é impecável, você literalmente entra dento do castelo da Fera e não tem como não sentir somente amor por toda a decoração e quadros. Pode e deve andar em todos os ambientes – nós ficamos no salão principal, onde aconteceu a dança no filme e se você olhar pela janela vai ver que tem “neve” – mesmo com o calor de 89º que estava lá fora. Também tem a ala leste, com vários quadros e uma escultura da cena da dança. E na ala oeste, tem o quadro rasgado, o ambiente é mais escuro e tem a cúpula com a rosa ♥

Voltamos para o começo do parque, na Main Street e fomos passear pelas ‘lojinhas’ maravilhosas – que não conseguimos fazer isso da primeira vez. Claro que pedimos para o moço das bexigas deixar a gente tirar uma foto clássica segurando – ele não ficou super mega feliz, mas deixou 😀 

Na sequência, fomos ao Splash Moutain… você entra por uma montanha encantada infinita – sério, ela dá muitas voltas até a queda… a gente não se molhou MUITO (isso porque ficamos na primeira fileira), mas foi muuuuuito divertido. 

Assistimos um pedaço da Disney Festival of Fantasy Parade uma parada tradicional que acontece toda tarde no MK, tem os personagens principais e muuuitas histórias da Dinsey. Foi muito lindo até o meu celular desligar por conta da alta temperatura e a gente sair correndo em uma loja em busca de ar condicionado, já comentei que em julho lá é muito quente?

Para nos refrescar, entramos na loja de natal do Jack e MEU DEUS! Eu queria comprar a loja inteira, mas consegui me controlar até que muito bem! 

Em seguida fomos ao brinquedo que mais criei expectativa, o Seven Dwarfs Mine Train, uma ‘montanha russa’ que passa pela mina dos Sete Anões! A parte da subida do “eu vou” é a parte mais legal. Não é nada muito radical, mas dá pra se divertir bastante.

Casa dos Anões

Na sequência, nós fomos para a Taverna do Gaston (esse dia foi meio que dedicado para A Bela e a Fera) – fui comprar a minha blusinha na loja do vilarejo da Bela e também tomei uma caneca de suco de maça – a bebida é ok, mas eu estava mais preocupada com o copo. 

Saindo da Taverna, fomos ao brinquedo Under the Sea, que conta (literalmente) toda a história da Pequena Sereia, é muito lindo, de verdade, você entra dentro de conchas e fica vendo as ‘cenas’ do filme. Vale a pena se não estiver muita fila.

Conseguimos passar pelo Castelo da Cinderela e ver os ‘desenhos nas paredes’; aproveitamos para tirar fotos clássicas na frente do castelo.

E então, eu e a Marina fomos fazer o que tanto queríamos. JANTAR NO BE OUR GUEST. Sei que já tínhamos ido no café da manhã, mas o jantar é outra pegada. É tudo muito mais bonito, muito mais sofisticado. Ficamos novamente no salão principal, e em nossa mesa tinha um guardanapo de pano em formato de rosa. Recebemos uns pães de entrada (e estávamos com muita fome, então comemos tudo) e pedimos um Braised Beef, que é um bife de carne com batata frita (pedimos sem cebola) e gente, melhor refeição que eu tive! Não sei se foi a mistura do ambiente, a fome ou se a comida estava realmente boa, depois do jantar nós fomos visitar a ala oeste. Que é toda escura, tem a rosa e os quadros rasgado pela Fera – e gente, acho que demora dez minutos mais ou menos, mas o quadro com o rosto do príncipe VIRA O ROSTO DA FERA, eu achei que estava emocionada e louca, mas nós realmente conseguimos ver (mas como eu achava que tava só louca, não filmei… vou ser obrigada a voltar para registrar esse momento). Sério, lá é totalmente encantador. E na saída encontramos o nosso anfitrião, a Fera. (para quem não sabe, ele só aprece no Jantar – acho que por isso que eu queria tanto tanto tanto desesperadamente ir). 

Saímos do jantar e fomos correndo até a Main Street, onde aconteceria a Eletric Parede – mas antes passamos pela vila da Rapunzel, onde todas as lanternas estavam acesas e lindas. 

Como choveu, o desfile Eletric Parede foi um pouco mais curto – e assim que chegou o carro da águia, eu sai atrás, toda emocionada porque eu queria ficar lá na frente para ver os fogos e a projeção.  

Era o show antigo, mas de perto (e realmente enxergando) é outro mundo, outra coisa. Fiquei do lado da estátua do Walt Disney (literalmente em pé no murinho) e então eu entendi porque todo mundo gostava tanto do (agora extinto) Wishes.

Dá uma olhada nessas fotos e vem ver o amor ❤ 

Ps.: Todas essas fotos foram tiradas com o celular Samsung Galaxy S6

Anúncios