Holywood Studios: o parque que não tem mais o chapéu do Mickey Mágico foi meu último do complexo Disney. 

Logo na entrada, vemos um Mickey Mágico e suas vassouras no jardim gramado, a coisa mais fofa. E tiramos aquela foto clichê pelo Memory Maker com todo mundo.

O parque hoje, é o menor dos 4, logo na entrada, você consegue ver o Hollywood Tower e o Teatro da Bela e a Fera. Minha dica é: se organizar direitinho, você faz tudo e ainda sobra tempo!

O primeiro brinquedo que fomos foi o The Twilight Zone Tower of Terror, que é bem diferente do que eu fui em Paris. Eu acho que todo mundo tinha que dar uma chance para esse brinquedo, porque ele é um dos meus queridinho! Pra quem não conhece, nada mais é do que um elevador que despenca, mas com um cenário todo diferente. Maravilhoso!

Na sequência, fomos dar um passeio pela parte da Pixar! Fomos no Toy Story Mania, que tem uma das maiores do parque, porque vale muito a pena! É basicamente uma competição de Tiro ao Alvo em 3D muuuuito divertida. Você já fica encantado na fila, que é super decorada e linda.

Na saída do brinquedo, aproveitamos pra tirar aquela foto clássica com o Buzz e o Woody, já que estava quase sem fila.

Fomos no Star Tours: que é um simulador do Star Wars possui algumas variações e cada vez que você vai, pode ver a atração de forma diferente. De lá, fomos para o Launch Bay, que é completamente imperdível para quem é fã (ou namora um) de Star Wars. Tem diversos pontos de fotos, personagens, miniaturas e muuuuitos produtos do filme. Lá, eu tirei uma foto com o Chewbacca que não gostou nem um pouco da minha blusa (e eu confesso que quase chorei quando ele começou a ‘chorar’).

Saindo de lá, conseguimos ver uma parte do Jedi Training, que é um treinamento para as crianças se formarem como Jedi.

De lá, fomos no Celebrity Spotlight que estava com uma fila de 0 minutos e o único lugar na Disney atualmente onde você consegue tirar uma foto e dar um abraço quentinho no Olaf.

Antes de almoçar, eu fui (obrigada) no Rock’n Roller Coaster Starring Aerosmith. Quem me conhece, sabe o quanto eu tenho PAVOR de ir em qualquer coisa que vira de ponta cabeça, mas depois de ser ameaçada e arrastada pelos meus SUPOSTOS “AMIGOS”. Eu acabei indo. Tem toda uma historinha antes, que eles vão chegar atrasados no show, então você embarca na limousine deles e simplesmente CORRE até o local. Ela é no escuro e tem como trilha sonora as músicas do Aerosmith. Eu não sei se foi pior a arrancada do começo com um looping na sequência ou o looping em parafuso que quase destruiu a minha orelha. Mas sobrevivi.

Depois de quase morrer, nós fomos almoçar no Backlot Express, que tem pratos temáticos de Star Wars, como o Hambúrguer da Guarda Real, a Salada de Frango Galáctica ou o Frango e Waffles do Lado Sombrio!

Para fazer digestão, fomos assistir ao maravilhoso Beauty and the Beast live on stage, que é um musical que conta uma versão resumida (30 minutos) da história da Bela e a Fera.

Na sequencia, fomos no For the First Time in Forever: A Frozen SingAlong Celebration, porque a Pietra que é a maior fã de Frozen. Ela é uma atração que 1) você precisa ter uma noção de inglês; 2) amar o filme; 3) gostar de karaokê. Na atração, um casal de atores conta a história do filme, intercalando com as cenas musicais (no telão) onde todo mundo canta junto. Ps: no final, a Elsa faz até nevar.

frozen (1).jpg

Como estava começando a chover, nós resolver dar um passeio pelas lojinhas, sério, tem muita lojinha e elas fogem do padrão clássico. É bem vintage, vale a pena.

Para a nossa tristeza, a chuva ficou muito forte e eles anunciaram o cancelamento Fantasmic! e do Star Wars: A Galactic Spectacular :/ 

rain.jpg

 

Anúncios